Entrevista com o Vampiro

Entrevista com o vampiro figura entre os meus filmes favoritos sobre a vida vampiresca, com certeza uma obra prima, digna de espaço entre as obras clássicas do gênero.

download

Muitos podem discordar de mim sobre a importância e qualidade da obra, mas ao meu ver, ela conquista seu espaço entre obras como Drácula, Nosferatu e outras mais justamente por sua maneira inovadora de trabalhar e apresentar algumas das características vampíricas que ainda não haviam sido desenvolvidas até tal ponto.

Sinopse

daniel-malloy

Entrevista com o vampiro se passa em São Francisco onde Louis, um vampiro bicentenário, se vê entrevistado por um jovem jornalista, a partir daí ele narra vários acontecimentos de sua vida como vampiro e a sua introdução a este mundo por Lestat, o vampiro responsável por sua transformação e com quem Louis passa a nutrir uma relação.

Interview-with-the-Vampire-2

A história então retrata a vida de Louis ao lado de Lestat, por quem nutre um desejo e ao mesmo tempo uma aversão por o ter dado esse destino como vampiro. Os dois trocam sensualidade à todo momento em que estão juntos, seja em olhares, transformando vítimas ou convivendo. Louis desde o primeiro momento se entrega a Lestat por sua beleza e charme extravagantes, a medida que se apaixona pela nova forma de vida que está experienciando, mas sempre tentando fugir do lado bestial que a vida de um vampiro traz.

 

Filme

entrevista-com-o-vampiro-filme

O filme é estrelado por Brad Pitt e Tom Cruise, possuindo outros nomes de peso em seu elenco como Kirsten Dunst, Antônio Banderas, Stephen Rea e Christian Slater. O longa foi produzido pela Warner Bros, com orçamento de 50 milhões de dólares e lançado em dezembro de 1994, chegando a concorrer a vários prêmios e ganhando alguns.

O filme possui uma continuação cujo título é “A rainha dos condenados”, seguindo a história estabelecida pela série de livros crônicas vampirescas. Mas o mesmo não chegou a fazer tanto sucesso quanto o primeiro da saga, sendo praticamente esquecido e totalmente ignorado pelo grande público.

INTERVIEW-WITH-THE-VAMPIRE-SACRIFICE

O filme possui algumas cenas violentas e fortes o que demonstra bem a bestialidade própria de um vampiro. Nem todo morto-vivo é maligno, mas a pré disposição a este lado é evidente.

O que muitos não sabem é que há alguns anos ficou estabelecido que haverá um remake de Entrevista com um vampiro, onde Jared Leto interpretará Lestat, mas ainda sem data de estreia definida.

Jared-Leto
Ao lado esquerdo Lestat e ao direito Jared Leto

E ainda em 2016, foi informada a compra dos direitos de 11 livros da série pela Paramount Television e a Anonymous Content, que desejariam adaptar as obras para uma série televisiva, mas que infelizmente ainda não possui data de estreia ou emissora definidas.

Livro

o-vampiro-armand-as-cronicas-vampirescas-anne-rice-D_NQ_NP_893937-MLB26700939668_012018-F

O livro é o primeiro de uma série de até então 12 livros que narram as histórias de muitos vampiros conhecidos pelo público através do filme, durante as obras podemos ver mais de Lestat, Louis, Armand e outros.

Entrevista-Com-O-Vampiro-livro-1-As-Crônicas-Vampirescas

O primeiro livro de título homônimo ao filme, foi lançado em 1976 e possui uma versão traduzida pela autora Clarice Lispector, lançado pela editora Rocco. Poucas alterações realmente relevantes se mostram entre o livro e o filme, tendo o filme captado perfeitamente toda a essência do livro.

Influência

VampireRequiem
A sensualidade do Beijo

Crônicas vampirescas ajudou a definir e formar outro arquétipo do vampiro, um vampiro não apenas amedrontador ou aristocrático, mas um vampiro sensual e luxurioso, entregue aos prazeres que a carne traz. Se Drácula de Bram Stoker é o próprio modelo para os Ventrue, Entrevista com o vampiro se mostra como manual para a interpretação do clã Toreador e posteriormente Deva.

logodaeva
Clã Deva

Aqui os vampiros são sensuais, eles seduzem e possuem uma sede carnal intensa. Sua elegância e beleza causam inveja, capazes de incitar paixão com facilidade em mortais. Muitas vezes chamados por outros clãs de Súcubos, especialistas em atrair presas para as usar de todas as formas possíveis. Verdadeiros predadores sexuais, herdam seu nome de Aesma Deva, conhecido como o demônio da luxúria para os persas. Hedonistas extremos, frequentemente advindos da elite social.

ENTREVISTA

Muito temia Anne Rice ao lançar o filme pelo fato de seus vampiros serem homossexuais, mas o vampiro de Anne Rice não é bem definido pelo termo homossexual, a realidade é que ele é um ser em busca dos prazeres, poderíamos colocar mais como panssexual, alguém que não se importa com o gênero, mas sim com o prazer obtido pelos atos, mostrando-se assim a influência perfeita para a interpretação de um Deva.

interview-with-the-vampire-157

O prazer, a dualidade entre se entregar ao imortal ou se prender ao mortal, a bestialidade e luta contra a besta, a sensualidade envolvida em cada ato e a perfeição do retrato da vida cotidiana de um vampiro, são as características que fazem essa obra ser inesquecível em qualidade e influência para todas e quaisquer narrativas que venham a surgir sobre o tema.

Se quiser ficar por dentro de mais momentos do livro ou crítica do filme, recomendo as páginas abaixo:

Crítica Filme

Resenha Livro

E para um pouco mais sobre influências para seu personagem em Vampiro, a Máscara ou o Réquiem, leia o texto abaixo:

Referência Cultural I: Drácula de Bram Stoker

 

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s