Entrando na Dimensão Ludo

Acredito que todo mundo que já tenha estado reunido com algum grupo de amigos já tenha jogado pelo menos alguma vez os famigerados jogos de tabuleiro, ou jogos lúdicos, que tem como intuito trabalhar a mente dos jogadores através dos seus sentidos/mente e é claro divertir.

Isso é algo bem antigo e não se limita apenas a jogos complexos como Ticket to Ride, porém, jogos que todo mundo praticamente conhece também fazem parte da família, como Dama, dominó ou até mesmo aquele Trunfo que você jogava na escola. Jogos de Mesa são bem antigos, constam escritos e exemplos desde o Egito antigo, com mais de 5000 a.C e tem um forte papel influenciando nas religiões e vida das pessoas, contando e representando histórias mais diversas, inclusive de grandes acontecimentos e situações “locais” da época e região em que foram criados, talvez os representantes mais antigos e até hoje lembrados são o xadrez(data indefinida) e o jogo da vida criado em 1806. O mais famoso e com mais versões alternativas com certeza é o Monopoly, ou Banco Imobiliário para os Tupiniquins de plantão.

1

Os jogos de tabuleiro abrangem uma gama muito grande de tipos, temáticas, modos e etc de jogos. São realmente uma forma muito simples de interagir, passar o tempo, se divertir. Também é bastante acessível já que há jogos mais simples, para crianças, idosos ou iniciantes, como Uno, Monopoly e Patchwork, assim como aquelas pessoas de mente afiada em busca de um verdadeiro desafio, como Zombicide, Grid Power ou Black Stories, jogos para uma pessoa somente como Zombie in my pocket, Robisson Crussoé: A ilha amaldiçoada ou Agricola e jogos realmente pra festas, para curtir com a galera como, Dixit, Werewolf ou King of Tokyo.

2

Há também uma grande variedade para quem busca por temas, uma vez que os jogos meio que variam pela imaginação, é possível explorar os mais diversos mundos e eras, existentes ou não. Existem jogos situadas na época medieval tradicional, voltados a expansão ode territórios e tudo mais como, Descobridores de CATAN, ou ainda medieval voltado a aventuras como Rage, ou na época das grandes nações como 7 wonders, temáticas de terror, como Call of Chuthulu, jogos futuristas como XCOM: Board game, aventuras fantásticas como Summoner Wars, ou Grandes franquias, como Star Wars: x-wing, Game of Thrones, até jogos sobre comida, como salad fruit ou fat food.

3

A gama de jogos é quase infindável, porém uma boa dica é saber a ocasião e o tipo de jogo que mais se adeque antes de escolher o seu. Em termos mais grossos temos 6 tipos e não, não definimos por tabuleiro, miniaturas cartas e assim vai, até por que todos estes são jogos de mesa e variam pelas regras e jogabilidade em si, de resto eles seguem suas temáticas e padrões, que no caso é o que definem os tipos.

 

 

  • São eles Ameritrash, jogos mais detalhistas, que valorizam os temas e o jogo em si, são os que provavelmente geram mais brigas pois sempre rola uma tática para derrubar o adversário ou enganar, como Encontros Cósmicos, ou Takenoko.
  • Party Game, jogos voltados para festas, algo realmente família, onde todos podem jogar, algo bem galera mesmo, como Bang!, Sabouter.
  • Eurogamers, jogos voltados mais as mecânicas mesmo, bem nas ideias de RPG que por sua vez também se tornam jogos lúdicos de mesa, que variam entre cooperação e competição, valorizando mais as estratégias e formas de chegar ao objetivo e menos a sorte como em, Puerto Rico e Mice and Mystic.
  • Abstract, são jogos focados em si mesmo, algo abstrato quase único, como Xadrez ou Paciência.
  • Os Wargames, são os mais complicados, voltados na temática de guerra ou conquistas, variam muito pelos seus modos e elementos usados, alguns vão de sorte a estratégia dependendo do jogo como em Terras Místicas ou World in Flames.
  • Por fim os jogos Hibrídos, jogos que trazem misturas entre os tipos obtendo elementos essenciais de um ou mais tipos de jogo, como Conquest of Paradise ou Quarriors!

4

Pode parecer algo muito distante, por ter muitos nomes em inglês e as vezes a gente sempre ouvir ou ver os mesmos jogos, como Banco Imobiliário ou O jogo da Vida, Porém o mercado de games tem crescido ultimamente no Brasil, com diversas lojas espalhadas e muitos estabelecimentos focados em reunir amigos pra jogar e até alugar, com preços acessíveis, uma vez que jogos mais trabalhados chegam a ser bastante caros, porém certamente há opções mais baratas e compensa se pensar que é possível comprar um bom jogo em torno de R$200,00 que durará por incontáveis festas e jogatinas, não é à toa que muitas pessoas já tem varias estantes de coleções e sites ou canais no YouTube especializados no assunto. Com esse intuito estamos lançando esse primeiro artigo, de muitos que virão ainda com Reviews de jogos, dicas para comprar ou jogar, lugares e eventos com a temática lúdica, por isso não deixem de acompanhar para ver a próxima. Bons Jogos a Todos!


Primeiro post na Toca do nosso grande amigo, conhecedor dos boardgames e o intéprito jogador de RPG com a benção narrativa do Pernalonga em pessoa, F. Wylker virá nos agraciar as quartas-feiras com sua visão e lábia.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s