Tomos do Conhecimento – RPG na Rede 2

Estamos de volta com a segunda parte deste enorme Tomos. Hoje iremos falar e dar uma breve explanação sobre duas ferramentas poderosas para gerenciar e jogar suas mesas de RPG pela Internet.

No post passado, falamos sobre meios de preparar a mesa e concentrar os jogadores, seja no Discord ou no Whatsapp e os benefícios em realizar isto. Já no post de hoje, falaremos sobre o Roll 20 e o RRPG Firecast, duas soluções distintas usadas para jogar pela internet.

A grande diferença entre ambos os programas é que, enquanto o RRPG é necessário o download e instalação nos computadores de quem irá jogar, o Roll20 permite se jogar diretamente no navegador. Dito isto, saibam que em ambas as ferramentas você poderá jogar os dados, ter ferramentas de chat textual e por voz, apoio visual de grids de batalha e tokens virtuais, organizador de status e as gloriosas fichas editáveis que fazem cálculos rápidos.

O Roll20 é um aplicativo ‘recente’. Embora já esteja a algum tempo no mercado e ter um peso enorme nas comunidades RPGisticas do mundo inteiro, em comparação ao RRPG ele é novo. Do outro lado, o RRPG Firecast está em desenvolvimento a um bom tempo, com constantes updates por parte de seu criador que, caso não saibam, é um conterrâneo brasileiro. Embora não tenha a mesma fama e peso da solução web, o Firecast ainda é uma grande e poderosa ferramenta que consegue rodar mesas de maneira incrível, mesmo tendo um minúsculo time de desenvolvimento.

Agora, falando individualmente de cada ferramenta, vamos começar pela solução nacional, o RRPG Firecast.

cropped-Untitled-2

O aplicativo pode ser baixado gratuitamente no seguinte site. A interface inicial é semelhante aos antigos web chats, bem MSN mesmo. Nessa interface você pode conversar com os amigos e entrar diretamente nas mesas que você criou ou que joga. Bastante rústica, a interface é bem direta, ou seja, o usuário não tem dificuldades para encontrar as funcionalidades do programa.

screenshot11_imagem

screenshot1_buscapelasmesas

Nas mesas de jogo, além da barra inferior com os dados para lançar, os usuários tem opções básicas de configurações da mesa e o VoIP, além do básico para se colocar os mapas e tokens virtuais.  A presença da biblioteca da mesa também ajuda muito na hora de organização das fichas e textos de apoios.

Contudo, o RRPG por mais que seja gratuito, coloca inúmeras barreiras entre os usuários gratuitos, pratas e ouro. Não julgo este modelo de negócio, contas devem ser pagas e também nunca vi no grupo do facebook alguém fazer alguma reclamação séria sobre isso. O valor mensal cobrado pelas assinaturas são baixos e bem acessíveis a todo mundo, contudo, as mecânicas bloqueadas neste programa são gratuitas, em sua maioria, no Roll 20. Bom, já que citamos ele…

roll20-logo

Roll 20, a solução online para os jogadores e mestres poderem jogar suas mesas de RPG diretamente pelo navegador. Sem necessidades de downloads, o site faz exatamente tudo que o Firecast faz, com uma leve melhorada também. Gratuito, o Roll20 entrega aos usuários logo de cara uma interface moderada, que fica extremamente simples depois que você passa pelo tutorial, além de uma ampla biblioteca de tokens gratuitos para serem usados, além de várias fichas gratuitas com mecânicas de rolagem e preenchimento automática.

Roll20_video_sm.jpg

O Roll20 também possui um plano de assinaturas mensal, contudo, este é cobrado em Dollar e é bem mais caro quando comparado ao Firecast. Contudo, somente com o plano gratuito os jogadores e narradores já podem jogar campanhas inteiras sem nenhum tipo de dificuldade ou impedimento pela falta de mecânicas que só estão presentes em suas versões pagas. É verdade, os planos Pros do Roll20 possuem features que são deliciosas, como o dynamic shadow, que automatiza a visão dos tokens sem a intervenção do narrador, conjuntos de APIs para automatizar mecânicas e narrativas, além de multiplicar em várias vezes a biblioteca de tokens.

roll20-review-redbrand-nothic.png

Enfim, ambos os programas são ótimos no que se propõem em fazer. Caso sua mesa seja rápida, mais narrativa que o normal, o Firecast pode suprir as necessidades da mesa sem nenhum empecilho. Leve, simples e de fácil acesso, o Firecast pode muito bem ser um bom companheiros para essas mesas espontâneas da madrugada.

Já o Roll20, indico particularmente para jogos onde o apoio visual de um grid e tokens é particularmente necessário ou para tornar o trabalho extremamente mais fácil. Esta opção também é recomendada para campanhas, visto que o material fica muito mais organizado, com a presença de bibliotecas, fóruns e calendários para os jogadores.

Espero que tenham gostado deste breve post. A ideia não é fazer vocês abandonarem um ou outro, mas apresentar duas opções para aqueles que querem jogar. Se for do agrado do público, esta série pode se estender, para ir mais a fundo em cada um destes aplicativos.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s